sexta-feira, 14 de abril de 2017

Mãe aos 20 e aos 40...


A diferença entre ser mãe aos 20 e aos 40, é a certeza de que os filhos não ficarão para sempre ao nosso colo. É o turning point da maternidade: o exacto momento em que nos deixamos de "balelas pedagógicas" e damos aos nossos filhos o colo, os beijos, os abraços e tudo o que nunca deveria ter peso e medida.

[Boa Páscoa!]

4 comentários:

ML disse...

Tão verdade. :)

Só comento para dizer que tem sido um prazer ler-te, quase sempre em silêncio, mas hoje achei que devia comentar. Porque desse lado deve ser bom ler que alguém se identifica com o que escreves. Gosto de mulheres reais, de fibra, de histórias e sentires que podiam ser os meus. Gosto de te ler.

Beijinhos para ti e para essa família maravilhosamente real.

Vânia Ferreira disse...

Porque tudo isso que as pessoas teimam em por medida, nunca é demais....

Vidas da Nossa Vida disse...

Foto tão linda, tão ternurenta... e palavras tão sábias! Um beijinho

Joana Costa disse...

Que ternura! Eu, que logo à primeira filha recusei tempos impostos e contagem de minutos de colo, à segunda libertei-me completamente de frases-feitas ou imposições exteriores. Mama, colo e mimo em livre demanda. Noites mal dormidas e dependência da mãe? Tudo passa!
Beijinhos