sábado, 16 de dezembro de 2017

Fechar ciclos faz chorar e faz crescer!


Acabou hoje a minha Pós-Graduação em Mediação Familiar na Red Apple. Em Janeiro e Fevereiro ainda terei uns trabalhos para apresentar, mas esta turma não se reunirá mais.
Tenho 43 anos e já acabei muita coisa, já fechei muitos ciclos, já completei muitas gestalts. Mas hoje sinto-me orfã desta espécie de irmandade. Um vazio fininho, uma nostalgia agridoce, situada algures entre o privilégio destas pessoas terem entrado na minha vida numa fase em que achamos que já ninguém nos marca desta maneira, e um sentimento de perda estúpido.
Hoje não consigo dizer grande coisa, porque ainda não me apetece. Dizer-vos, apenas, que nesta viagem conheci verdadeiras heroínas de carne e osso e ganhei a minha guru; uma mulher baixinha que se agiganta, porque tem o dom de dizer coisas que nos mudam por dentro num tiro certeiro.

Já tenho saudades vossas. Do bolo de limão, do amontoado de livros na casa-de-banho, das idas à Padaria Portuguesa, das confidências, dos podcasts que ouvia a caminho da Red Apple. Tenho saudades vossas, basicamente é isso.
A vida é uma merda, porque nos obriga a acabar coisas quando ainda não estamos preparadas para lhes dizer "fim". Ou se calhar estamos e ainda não sabemos.

Sem comentários: