quarta-feira, 25 de outubro de 2017

Também queres ser Mediador Familiar?


Há quase um ano decidi voltar a estudar e inscrevi-me na Pós-Graduação em Mediação Familiar da Red Apple. Já conhecia a coordenadora do curso, a Ana Varão, tinha lido vários testemunhos sobre a qualidade da formação e dos formadores e achei que era o momento certo para mergulhar, ainda que com algum esforço pessoal e familiar, já que o curso passaria a ser dois dias por semana, quinzenalmente.
Praticamente a dois meses de o terminar, olho para trás já com nostalgia, porque para além dos conteúdos e da imensidão de coisas que tenho aprendido, ganhei família. Sei que soa a lugar comum, mas foi o que aconteceu. A qualidade e a proximidade dos formadores é desconcertante e a cumplicidade que ganhei com os colegas é algo que não esperamos encontrar aos 43 anos. Alguém me dizia que não se fazem amigos a partir de certa idade, mas não é verdade. Depende da sorte e do que fazemos com ela. Depende das pessoas.
Parece que não tem nada a ver, mas relaciono isto com uma frase do Mia Couto que ontem uma grande amiga me mandou num SMS:
"(...) Queixamo-nos de que as pessoas não lêem livros. Mas o deficit de leitura é muito mais geral. Não sabemos ler o mundo, não lemos os outros (...)".
Ora tive a sorte de, neste grupo de luxo, me ver rodeada de gente que lê o mundo através das pessoas. Que lê nas entrelinhas, nas palavras ditas e nas não ditas, nas rugas da cara, aquelas que se fazem das gargalhadas que demos e dos desgostos que tivemos, gente que lê a vida muito para além das aparências. E se a isto tudo juntarmos uma equipa de formadores que mexe connosco, que nos imprime dúvidas, mais do que certezas, porque  é com as dúvidas e menos com as certezas que a magia da aprendizagem acontece, então isso é uma sorte danada.

A 11ª Edição da Pós-Graduação em Mediação de Conflitos com especialização em Mediação Familiar está à porta! Em Lisboa tem início a 26 de Janeiro e em Coimbra, a 19 de Janeiro. São 220 horas de formação e habilita quem terminar o curso com aproveitamento ao exercício da actividade de Mediador Familiar. E se se avançar de alma e coração, garante um mergulho sobre nós próprios; o melhor e mais útil deles todos.

2 comentários:

TH BEAUTY BLOG disse...

Super interessante eu toparia ♥️
Adorei o post e vou seguir seu cantinho para acompanhar as novidades ♥️
BLOG | INSTAGRAM | CANAL | MEUS LIVROS |


------- ATENÇÃO BLOGUEIRAS
Lɑyout Responsivo + Mídiɑ Kit Editável + Vinhetɑ pɑrɑ Vídeos + Cɑpɑs em Gerɑl e o melhor com um Precinho Cɑmɑrɑdɑ !!

📣 CLIQUE E CONHEÇA |

Anónimo disse...

Gostei muito do post, mas queria acrescentar o meu comentário. A ideia de que a partir dos quarenta não conseguimos fazer amizades é treta. É mais uma daqueles mitos sobre a idade. Eu tenho mais uns aninhos que tu é ainda faço amigos e calculem apaixonei-me tb. Beijinhos Lua Azul 😊