sexta-feira, 25 de agosto de 2017

Ah, vida boa!




Os meus três filhos mais velhos estão no Alentejo, o meu marido foi para um jantar de amigos e o bebé já dorme o sono dos justos. E eu, finalmente dona do comando da televisão e da casa inteira, tenho uma alheira no forno para comer com brócolos cozidos (não sei se joga, mas é o que há no frigorífico!), e preparo-me para me alapar no sofá como uma lontra, a ver pela 50ª vez o filme "Comer, Orar e Amar", baseado no livro com o mesmo nome que terei lido 600 vezes. Não que tenha sido o melhor livro que já me passou pelas mãos (que não foi!), mas foi, porventura, o que me mudou a vida.

[boa noite!]

5 comentários:

Grateful Lady Ana disse...

Aproveitar é a palavra de ordem!
�� ��

S* disse...

Aproveitar e ser simplesmente feliz.

Anónimo disse...

Coisas simples trazem muita felicidade. Há que aproveitar todos os momentos para nos sentirmos bem.

Cris disse...

TB li esse livro vezes e vezes.... Foi o primeiro no mês seguinte ao divórcio!
.... É o filme tb já vi pelo menos 3 vezes 😅

Anónimo disse...

Dolce far niente